Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O MEU MOOD

by Fábio Belo

O MEU MOOD

by Fábio Belo

Alpalhão Terra de Valor

19.07.19 | Fábio Belo

Chegou o dia de vos dar a conhecer a minha vila. Os meus costumes. As minhas tradições. Os meus monumentos. A minha gastronomia. A minha cultura. As minhas origens.

Alpalhão é uma vila velhinha situada em pleno Alto Alentejo, no distrito de Portalegre. Vila velhinha com uma rica história que quer ser conhecida por todos...

Os nossos bordados e trajes típicos são únicos. O nosso traje é composto por xaile, avental e algibeira bordados a matiz e saia em feltro com aplicação em feltro. As nossas esculturas de granito são únicas. Esculturas esculpidas pelo homem. Esculturas esculpidas pela mãe natureza. (Seremos a capital do granito?) Os nossos monumentos são únicos.

Somos ricos em gastronomia. As mijoninhas, os bolos de festa (bolos fintos), as boleimas de açúcar e canela, o arroz de cachola (arroz feito com sangue de porco) fazem as delicias de quem por cá passa e por quem por cá permanece. Somos uma terra de enchidos. De enchidos de fabrico tradicional e local.Os nossos museus são um álbum de memórias. São um reviver do passado das nossas gentes. A Casa Museu é uma casa típica alpalhoeira que nos remete para o antigamente  e que guarda os ofícios que tão caraterizam a nossa terra. A Casa do Brinquedo guarda as memorias da infância livre. Da infância vivida com pouco. Da infância saudável. O Museu da Misericórdia guarda a nossa herança de arte sacra.

Alpalhão é uma terra de tradições. Tradições religiosas. Tradições pagãs. Tradições ancestrais.

Temos uma restauração que sabe receber. Que sabe servir. Somos um povo que sabe receber. Um povo que sabe acolher.

[gallery link="none" size="full" columns="2" ids="1241,1240,1243,1239"]

[gallery columns="2" link="none" size="full" ids="1254,1249,1253,1246"]

[gallery link="none" columns="2" size="full" ids="1252,1251,1245,1244,1235,1236"]

Mensagens